Como pagar menos imposto em Empresa de TI

Como pagar menos imposto em empresas de TI

Como pagar menos imposto em empresas de TI

Como pagar menos imposto em empresas de TI

 

Como pagar menos imposto em empresas de TI? Sabemos que a carga tributária no Brasil é uma das maiores do mundo e isso sem dúvida alguma o contribuinte sente o peso no bolso e para o seguimento de empresa de TI, não é diferente.

Uma dúvida muito comum entre os empreendedores e prestadores de serviços na área de Tecnologia da informação é saber se existe uma forma de como pagar menos imposto em Empresas de TI e isso você descobrirá aqui nesse artigo.

 

Quer saber mais como pagar menos imposto em empresas de TI? Clique Aqui e solicite um orçamento

 

Tributação em Empresa de TI

 

Atualmente existem basicamente 3 (três) tipos de regime de tributação para sua empresa de TI se enquadrar, que são: Lucro Real, Lucro Presumido e Simples Nacional.

Cada uma dessas três opções tem suas particularidades e dependem de uma análise bem detalhada do seu negócio e assim ter a certeza de como pagar menos imposto em empresas de TI optando por um dos três regimes tributários.

Procure seu contador e peça para ele fazer um planejamento tributário com dados concretos do seu negócio e com essa ferramenta bem elaborada tomar a decisão acertada de como pagar menos impostos de forma legal, sem ter problemas futuros com a legislação tributária.

É importante destacar aqui que ao decidir por um determinado regime tributário ele é valido para todo ano calendário e só é possível mudar no ano seguinte entre 01 a 31 de janeiro.

A seguir falaremos um pouco de cada um desses regimes tributários com informações básicas para ter uma ideia de qual regime tributário sua empresa de TI pode adotar.

 

Lucro Real

 

Nesse regime tributário são diversos impostos que devem ser pagos em guias separadas, sendo alguns impostos calculados pelo lucro apurado na contabilidade e outros pelo mecanismo de débito (Vendas/Serviços Prestados) e crédito (Aquisições/Serviços Tomados), de acordo com o estabelecido em legislação.

 

Lucro Presumido

 

Como o próprio nome já diz, a legislação presume o lucro que a empresa de TI terá em um determinado período e alguns impostos são calculados por esse lucro estimado, como o IRPJ ( Imposto de Renda Pessoa Jurídica) e a CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Liquido),  sendo pré-determinado em legislação específica e não sobre o lucro contábil como no lucro real.

Outros impostos são calculados pelo faturamento, como o PIS e COFINS que são contribuições sociais e o também ISSQN (Imposto Sobre Serviços de qualquer natureza), de acordo com a legislação local.

 

Simples Nacional

 

Por ultimo o simples nacional é um regime exclusivo para Microempresas e empresas de pequeno porte.

Esse regime tributário é um dos mais utilizados pelas microempresas e empresas de pequeno porte, porém nem sempre é o mais vantajoso.

As atividades relacionadas com a tecnologia da informação estão sujeitas ao fator “R”, que estabelece que a folha de pagamento deve ser igual ou superior a 28% do faturamento para se enquadrar no Anexo III e iniciar com uma alíquota de 6% de imposto.

Caso a folha de pagamento incluindo o Pró-labore, for inferior a 28% do faturamento, será tributada pelo anexo V, iniciando com uma alíquota de 15,5% de imposto, ficando mais caro do que em outros regimes, como no lucro presumido, por exemplo.

Qual é o melhor regime tributário para minha empresa de TI?

 

Essa é uma pergunta que muitos prestadores de serviços que atuam no seguimento de empresa de TI fazem constantemente e encontrar a resposta correta não é tão simples assim, pois necessita de estudos e planejamento para não desperdiçar dinheiro.

Para encontrar a resposta, é necessário ter informações relevantes que dará a você um norte e tomar a decisão correta.

A seguir algumas informações importantes para definir o melhor regime tributário de sua empresa de TI:

 

  • Faturamento mensal;
  • Faturamento dos últimos 12 meses;
  • Estimativa de faturamento nos próximos 12 meses;
  • Folha de pagamento mensal;
  • Folha de pagamento dos últimos 12 meses;
  • Estimativa de folha de pagamento nos próximos 12 meses;
  • Custos e Despesas mensal;
  • Custos e Despesas dos últimos 12 meses;
  • Estimativa de Custos e Despesas nos próximos 12 meses.

 

Com essas informações básicas, é possível fazer uma estimativa e elaborar relatórios importantes para você tomar uma decisão mais segura de como pagar menos impostos e o seu contador pode te ajudar nessa questão.

 

Necessita de ajuda e quer saber mais como pagar menos imposto em Empresas de TI? Clique aqui e entre em contato conosco.

 

 Conclusão:

 

Em outras palavras, a resposta para a pergunta “Como pagar menos impostos em empresas de TI”, é a seguinte:

Faça um bom planejamento tributário e escolha a opção mais vantajosa para sua empresa de TI, pois sem planejamento, tudo não passa de achismo e isso pode custar muito caro para você.

Então não hesite em procurar ajuda, procure por uma empresa de contabilidade que tem o comprometimento com o sucesso da sua empresa.

Na hora de escolher um contador, não decida só pelo preço, pois em muitos casos, alguns empresários querem economizar dinheiro com contador que pode ser um grande parceiro da sua empresa e acabam desperdiçando dinheiro com impostos pagos a maior, por não fazer uma boa escolha do regime tributário, enquadramento na atividade correta e outros detalhes que influenciam na carga tributária da sua empresa de TI.

 

Conte com a Somaplan Contabilidade, pois estamos a disposição para te ajudar.

 

Clique aqui e solicite um orçamento

 

Compartilhe

WhatsApp chat