Gestão Financeira para bares – você precisa fazer isso imediatamente!

Gestão Financeira para bares

Administrar um bar não é uma tarefa fácil, não é mesmo? Bom, se você descobriu isso depois de ter aberto o seu negócio, fique calmo, porque nunca é tarde demais para melhorar. Mas, se você ainda não realmente abriu o seu bar, e quer saber como gerenciá-lo corretamente antes de começar a funcionar, confira as melhores dicas de gestão financeira para bares.

Seguindo um passo a passo, fica muito mais fácil do que você imagina administrar um bar financeiramente, ainda que você nunca tenha tido muita afinidade com números. Confira as dicas!

Gestão Financeira para bares

A administração do dinheiro é o segredo do sucesso de qualquer negócio. Se você se organiza financeiramente, fica muito mais fácil lidar com todos os outros aspectos do bar. Além disso, quando o caixa não vai bem, acaba gerando um efeito dominó negativo em todas as outras partes do bar.

Por isso, lembre-se de que é preciso uma gestão financeira muito bem-feita.

 

Tenha controle sob o estoque

Muitos gestores de bar que não controlam o estoque do estabelecimento acabam tendo problemas. Isso porque um bar geralmente serve porções e, por isso, é preciso comprar alimentos, temperos e tudo mais para cozinhar.

E não só os alimentos como outras coisas podem vencer bem rápido se não existe acompanhamento. Por isso, é preciso ficar de olho nos prazos de validade de tudo o que existe em seu estoque, para que você não desperdice alimentos e muito menos dinheiro.

Escolha o regime tributário certo

A escolha do regime tributário adequado permite que o gestor faça uma boa economia com tributos, auxiliando na gestão financeira para o bar.

Existem três tipos de regimes tributários:

– Simples Nacional;

– Lucro Real;

– Lucro Presumido.

Entre eles, existem algumas diferenças, e quem pode te ajudar a escolher o que melhor se adequa ao seu modelo de trabalho são profissionais em contabilidade. Afinal de contas, ser gestor de um bar é muito complicado e toma tempo, portanto, se você ainda não teve contato com a parte contábil do negócio, é provável que não compreenda mesmo esse assunto.

 

Registre suas despesas

Fazer um registro de tudo o que você precisa pagar é também uma boa forma de controlar as finanças e ajudar na gestão financeira para bares.

Isso porque você sabe exatamente quais são as suas despesas fixas, então sabe quanto dinheiro terá que separar para cobri-las. E quando você sabe bem quais são suas despesas fixas, fica mais tranquilo quando surgem despesas surpresa, que também podemos chamar de variáveis.

Além disso, você quita todos os seus tributos em dia, paga seus funcionários corretamente e mantém uma boa reputação como gestor, o que também é importante para sua gestão financeira.

Uma dica importante para você que quer ajuda na gestão financeira para o seu bar é contratar um serviço profissional em contabilidade. Assim, você consegue deixar os números na mão de quem os domina, e ainda se focar mais na administração do seu negócio. Para a sua sorte, a Somaplan é especializada na contabilidade para bares, e pode auxiliar na estruturação e no equilíbrio da sua nova empresa.

Tem dúvidas? Entre em contato com a Somaplan! Sucesso e até a próxima!

Compartilhe

WhatsApp chat